Correspondência

 

A transcrição, o estudo e a publicação da correspondência que se guarda no espólio de António Telmo, constituindo um elemento imprescindível para o estudo da vida, da obra e do pensamento do filósofo da razão poética, tem sido um dos principais desígnios do Projecto António Telmo. Vida e Obra, que noutra secção desta página publica cartas escritas pelo filósofo e outras que lhe são dirigidas, além de alguma correspondência trocada entre figuras do seu universo.

Um excelente exemplo da concretização desse propósito foi a edição, logo em 2014, do livro Cartas de Agostinho da Silva para António Telmo (edição Licorne, Évora), com transcrição, organização, notas e comentários de João Ferreira, Pedro Martins e Rui Lopo, introdução prefacial de António Cândido Franco, comentário posfacial de João Ferreira e a colaboração especial de Maria Antónia Vitorino, Amon Pinho Davi, António Cândido Franco, Armando Carmelo e Romana Valente Pinho.

Nalguns casos, tem mesmo sido possível reconstituir, de modo tendencialmente integral, o diálogo epistolar entre o filósofo e os seus correspondentes. Assim, em 2015, em colaboração com a Fundação António Quadros e a editora Labirinto de Letras, foi possível dar a lume o volume António Quadros e António Telmo – Epistolário e Estudos Complementares, com coordenação editorial de Mafalda Ferro, Pedro Martins e Rui Lopo, prefácio de António Carlos Carvalho e posfácio de João Ferreira.

Já em 2019, no Volume X das Obras Completas de António Telmo, Capelas Imperfeitas – dispersos e inéditos, publicou-se, quer a correspondência de António Telmo com Álvaro Ribeiro, quer a correspondência com José Marinho – para além de trinta cartas de António Telmo para António Cândido Franco, graças a uma generosa cedência de cópias daquelas cartas, por parte deste último, ao nosso Projecto, de que é aliás membro.

As Obras Completas de António Telmo, publicadas com a chancela da editora Zéfiro, têm, aliás, constituído um veículo privilegiado da publicação da correspondência existente no espólio télmico, por via de regra nas marginálias dos sucessivos volumes. Assim, e sem contar com aquelas missivas que vieram a ser reunidas em recolhas globais (cartas de Agostinho da Silva, Álvaro Ribeiro e António Quadros para António Telmo), será de referir a publicação, no âmbito das referidas Obras Completas, de cartas para António Telmo de Mário Saa, Rose Marie Mossé-Bastide, Rafael Monteiro (Volume II), Fiama Hasse Pais Brandão (Volume III), José Manuel Capêlo (Volume V), António Carlos Carvalho, Ernâni Roque (Volume VII), Rebelo Gonçalves (Volume VIII) e Henri Gouhier (Volume X). Já as “Cartas de Afonso Botelho para António Telmo”, com transcrição, organização, introdução e notas de Pedro Martins, foram publicadas no volume Sobre a Saudade – V Colóquio Luso-Galaico (edição Zéfiro, Sintra).

Carta de António Quadros para António Telmo, de 12 de Fevereiro de 1987

Contactos

António Telmo. Vida e Obra antoniotelmovidaeobra@gmail.com