22 DE FEVEREIRO E 1 DE MARÇO: CELEBRAR A ARRÁBIDA EM SETÚBAL

12-02-2014 09:22

Enquanto se aguarda para breve a proclamação da Arrábida como Património da Humanidade, o Centro de Estudos Bocageanos, como já é sabido, promove, em dois sábados consecutivos, na Casa da Cultura, em Setúbal, um grande colóquio onde se irá abordar o património espiritual da região, sobretudo nas suas vertentes religiosa e poética, e que contempla ainda o lançamento de um novo ensaio, de Ruy Ventura, sobre a sua sacralidade. O projecto António Telmo. Vida e Obra associa-se a esta iniciativa, que tem o seguinte programa:

 

22 de Fevereiro . 16:00 . Sala José Afonso  

Mesa 1 - “Frei Agostinho da Cruz e os seus herdeiros”

 

Conferencistas:

Vanda Anastácio – “Frei Agostinho da Cruz, entre a Arrábida e o Céu”

António Cândido Franco – “Teixeira de Pascoaes e Sebastião da Gama: de Marános à Serra-Mãe”

Ruy Ventura – “Do sopé ao cume da montanha: Sebastião da Gama e Frei Agostinho da Cruz”

Filipa Barata – “O humano e o divino na poesia de Daniel Faria”

 

Apresentação de O Eixo e a Árvore: notas sobre a sacralização do território arrábido, de Ruy Ventura, por Pedro Martins

 

1 de Março . 16:00 . Sala José Afonso

Mesa 2 - “Poetas da Arrábida”

 

Conferencistas:

António Carlos Carvalho – “A Montanha”

Lina Soares – “Arrábida: entre Religião e Poesia”

João Reis Ribeiro – “Sebastião da Gama, o Poeta da Arrábida”

Pedro Martins – “Jaime Cortesão e a Arrábida”

Contactos

António Telmo. Vida e Obra antoniotelmovidaeobra@gmail.com