ANTÓNIO CÂNDIDO FRANCO COMENTA «ARTE POÉTICA E SURREALISMO», DISPERSO TÉLMICO DE 1965

14-01-2014 09:54

É o último artigo que António Telmo publica antes de partir para o Brasil. Saiu a lume em Dezembro de 1965, na revista Espiral, que se publicou entre 1964 e 1966, dirigida e editada por António Quadros. E, como o próprio título indicia, ou indica, é um documento inestimável para se compreender a posição de Telmo em face do surrealismo. Será aqui republicado no próximo mês de Fevereiro, na rubrica "Verdes Anos", surgindo então comentado por António Cândido Franco, membro do projecto António Telmo. Vida e Obra que vem dispensando a maior atenção àquele movimento literário.  

Contactos

António Telmo. Vida e Obra antoniotelmovidaeobra@gmail.com