CORRESPONDÊNCIA. 01

09-01-2014 09:26

Francisco da Luz Rebelo Gonçalves, que nasceu em Santarém em 1907 e viria a falecer em 1982, foi professor de António Telmo no curso de Filologia Clássica da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, licenciatura que o autor de Arte Poética só tardiamente concluiria. Entre ambos viria a firmar-se uma profunda amizade, pautada pela enorme admiração que filólogo e filósofo reciprocamente se votavam, e de que as quatro cartas que se guardam no espólio de António Telmo permitem dar um importante testemunho. Datada de 10 de Junho de 1956, a primeira, que hoje publicamos, traz interessante referência ao artigo télmico "Laços da Filologia para a Poesia" (um estudo de Rebelo Gonçalves surge neste mencionado com implícito encómio), com que, no passado domingo, iniciámos a rubrica VERDES ANOS, onde se reunirão os dispersos télmicos do período formativo. 

 

____________

CARTAS DE REBELO GONÇALVES PARA ANTÓNIO TELMO. 01


S/l, 10 de Junho de 1956.
 
                        Meu caro Vitorino:
 
            Estou a dever-lhe dois abraços: um, de agradecimento pela nova gentileza com que se dignou distinguir-me; outro, de parabéns pelo belíssimo feixe de reflexões sobre «Laços da Filologia para a Poesia» que tive a satisfação de ler em 24 de Maio e onde me vi citado com muita generosidade e simpatia.
            Como não pude dar-lhos na passada 6.ª-feira (estive no Teatro da Trindade com imenso gosto, mas não o vi), daqui lhos dou, com a sincera estima e o devotado abraço do


                                                                                              Seu
                                                                                                          Rebelo Gonçalves.

 

[em papel timbrado de
F. REBELO GONÇALVES
Professor da Universidade de Lisboa
Largo do Pinheiro, 8
Mafra]

Contactos

António Telmo. Vida e Obra antoniotelmovidaeobra@gmail.com