INÉDITOS. 35

27-11-2014 21:18

"Sou católico pelas festas"[1]

Um dia, durante um ágape, alguém ironizou estupidamente ao dizer que, pretendendo o Afonso Botelho ser um pensador católico, ou deixava de pensar ou deixava de ser católico, significando por esse modo que religião e filosofia são incompatíveis. O Afonso Botelho respondeu secamente:

“Sou católico pelas festas”.



[1] Título da responsabilidade do editor.

 

Contactos

António Telmo. Vida e Obra antoniotelmovidaeobra@gmail.com