Mensagens

Mensagem de Paulo Samuel, recebida em 20 de Novembro de 2013, antes da sua adesão a este projecto:

 

Caros Pedro Martins, António Carlos Carvalho e demais cultores télmicos

É esta uma simples mensagem de incentivo e de agradecimento por procurarem, por esta via, manter viva, isenta e livre (como necessariamente tem de restar) a memória, mas também o estudo da obra de António Telmo.

Esse empenhamento e atitude pessoal constituem, afinal, o autêntico legado da "Filosofia portuguesa", na linha da «Escola Portuense», enraizadamente livre como o testemunharam (sofrendo as implicações...) Sampaio Bruno, Leonardo Coimbra, Teixeira de Pascoaes, Álvaro Ribeiro, Pedro Veiga, entre outros.

Votos para que este blogue possa ser lugar de encontro para diálogos e reflexões em torno do pensamento de António Telmo e repositório privilegiado de documentos e testemunhos centrados na sua vida e obra.
Um cordial abraço do

Paulo Samuel
 
 
 
Mensagem de Eduardo Aroso, recebida em 20 de Novembro de 2013, depois da sua adesão a este projecto:
 
Cumpre o mais alto desígnio (e certamente o fará) está página, intitulada «António Telmo, Vida e Obra», se perseguir aquilo de que o próprio António Telmo era consciente e se espelha na sua obra: a aristocracia do espírito - expressão que, pela primeira vez, ouvi da sua boca, quando nos conhecemos pessoalmente na simbólica vila de Alenquer.


Quanto ao resto, não há que ter preocupações de outra ordem, porque, como está escrito em Mateus 8. 18-20 também «o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça».

Um abraço
Eduardo Aroso

 

Contactos

António Telmo. Vida e Obra antoniotelmovidaeobra@gmail.com